domingo, abril 05, 2009

Viva o João

O João partiu de viagem. Viva o João.

Foi umas das poucas coisas boas que me aconteceram naquele norte que não sento meu e que por razões pessoais insisto em não querer conhecer melhor. Insisto a querer distanciar-me dele. Sinto a pele impermeável de modo que não absorva nada que seja nortenho. Faço isso com tudo aquilo que me possa fazer sofrer. O norte é uma zona quente.
A partir de hoje tenho menos uma razão para gostar daquele sítio que não me pertence. Há uns meses, deu-me a sorte de conhecer uma pessoa excelente, pessoa esta que hoje, este mesmo norte, me voltou a tirar. Já tenho mais uma razão para não gostar daquilo. Mais uma razão para implicar mais e mais.

A troca de mensagens era frequente. A sensação de conseguir aliviar alguém nem que seja por segundos, sempre foi boa. Podem chamar a isso egoísmo, mas para além de saber que lhe dava prazer, também me dava prazer a mim.
A última mensagem foi de ontem a tarde, não consigo parar de a ler e não percebo nela nenhuma forma de despedida. Tinhas-me prometido um café, e eu tinha prometido levar-te no cimo da serra para se poder estar mais perto do céu.
Foste embora num dia de sol, sem manter a tua promessa. Não te perdoo.

Hoje perdi mais um bocado de mim.

Faz boa viagem João.

11 comentários:

pinguim disse...

Estou contigo na tua mágoa, mas o João simbolizava o Norte, amava o Norte e não é por ter partido, mais cedo do que devia que o "seu" Norte perde o encanto...
Abraço.

Luís Galego disse...

homenagem que o João ia agradecer comovido e que a mim igualmente me comove...MUITO!!!

Catwoman disse...

Perder alguém tão próximo e tão especial nunca é fácil e não há perpectiva que o torne mais fácil. Sentem-se muitas coisas, muitas das quais não são boas. A revolta e a mágoa não são sinais de egoismo mas sim de se ser humano.

Tenho mesmo muita pena de não ter conhecido o João.

Se precisar de alguma coisa, sabe onde me encontrar. A qualquer hora.

Baci

Ezequiel Coelho disse...

Era impossível não gostar dele. Encantador, bem disposto e fiável!
Fico feliz de também ter falado com ele na quinta-feira, depois de alguma ausência (causada por diversas circusntâncias) e de me ter confidenciado que tinha uns amigos excepcionais!
Ainda me custa a acreditar!...
Um grande abraço também para ti (obrigado pelo bem estar que lhe transmitiste!)

Ezequiel Coelho disse...

Ah... perdoa-me o "abuso" de ter feito um "link" a esta página de homenagem ao João.

cris disse...

não sou muito boa com as palavras nestas alturas. aliás não sou boa com as palavras nunca. digo tudo torto, por linhas tortas.por isso perdoe-me a falta de jeito. assistir à partida de alguém para todo o sempre é muito doloroso. relembramos as últimas horas, os últimos instantes, segundos, as palavras que ficaram por dizer, o que foi dito naquele último segundo, que foi mesmo o último e não há volta atrás. e dói.muito. dói muito, demasiado, saber que as últimas palavras são banais e que tanta coisa que não se disse ficará assim, eternamente, por dizer. regresso muitas vezes a essas últimas palavras, tentanto reescrevê-las, infinitamente. eu tento. e tento uma e outra vez, e mais outra vez. em vão. tentando acalmar a minha dor. em vão.
tanto que se disse, pouco, demasiado que ficou por dizer, muito.

não sei se fui de algum conforto. não tenho jeito. digo tudo torto.

mas estou aqui para o que precisar, sempre.

beijinho muito grande

lampejo disse...

Perdemos todos, amigo White.
Não foi o norte que te o roubou, foi a estúpida da doença :(
Guardarei para sempre a sua imagem, e as seus sábios e carinhosos conselhos. Irei sentir falta deles (conselhos), das nossas conversas, do seu sorriso, da sua força de viver.

Um abraço***

Ps: O João também gostava de ti, chegamos a falar nisso (o João e eu). Via em ti um ser Humano (com H grande).

inixion disse...

..Vês..uma das coisas boas do norte...teres conhecido o catatau.. :)

Prefiro lembrar-me do joão a sorrir..sempre com a sua boa disposição e por ser a pessoa que era.

e Viva o João :)

Abraço!

The White Scratcher disse...

Obrigado Luis,
eu tamb´+em estava quando a escrivi.
Abraço


,,,,, Pois Catwoman,
O joão é daqueles que atrai as pessoas com a sua personalidade. Ninguem fica indiferente a ele, porque é impossível não se gostar dele.


,,,,,, Sim EZ, a surpresa foi enorme. As lembranças bem vivas. Ainda sinto a voz dele com esse timbre contagiante.

Abraço para ti também. Não foi abuso nenhum.

The White Scratcher disse...

,,Cris, ninguem é bom nisso nesses momentos. Não sabe as vezes que penso no que poderia ter feito e no que poderia ter dito. Podia ter feito mais, se calhar. Mas a vida é assim. Não estou nada preparado para perder as pessoas de quem gosto. Se é qu ealguma vez alguem fica preparado para isso.
Bjs


..... Lampejo, o João puxa o melhor das pessoas, este é um dos maiores feitos dele.
Abraço


,,,,, Sim Inixion,, VIVA O JOÃO!
Abraço

Paulo disse...

White, afinal, viva o João! que já não precisa que o leves à serra porque no céu já ele está. melhor: está em todos quanto o recordam com saudade e amizade!

grande abraço