sábado, maio 27, 2006

A não perder_

Panos da Guinee e de Cabo Verde, estão em exposição no Museu Nacional de Etnologia, em Lisboa. Este conjunto recolhido quase completamente por António Carreira e Rogado Quintino entre as décadas de 1960 e 1970, faz parte do acervo deste fabuloso museu, que pontualmente nos faz percorrer vezes sem conta as centenas de história ligadas aos objectos que aí estão recolhidos, levando-nos até aos cantos mais longínquos do mundo.
Desta vez, são lembranças tecidas em teares ancestrais por mãos que muito mais poderiam contar.

Não percam!

[foto de António Rento / Museo Nacional de Etnologia]

Museu Nacional de Etnologia _ www.mnetnologia-ipmuseus.pt

3 comentários:

inixion disse...

ó pá...já chega de trapos não ;)

The White Scratcher disse...

Ahahahah,,,, obrigado inixion pelo teu comentário ,,,, adoramos como sempre,,,,,

Anónimo disse...

Obrigada pelo comentário sobre a exposição Através dos Panos. Eu fui uma das pessoas que esteve envolvida na reunião dos conteúdos e montagem da exposição.
A exposição estará patente ao público até, pelo menos, finais de Junho, e no âmbito desta decorrem visitas guiadas e ateliers de expressão plástica conduzidos pela Manuela Jardim. Recomendo também a visita ao sector de reserva visitável Galerias da Amazónia.