sexta-feira, setembro 04, 2009

Sensações

Por vezes dou conta que estou vivo,
especialmente quando encontro a alma.

7 comentários:

Ezequiel Coelho disse...

alegra-te, porque há quem nunca a encontre!
Tem um BOM Fim de Semana!!
Abraço!

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Olá amigo

E fizeste tu muito bem em nao fazer nada, como disseste lá no blog :) Como sabes, isso TAMBÉM são férias :) Foim o que fiz quando regressei de Itália :)

Só para dizer, White Scratcher, que esta tua citação deixou-me banzado. nao é verdade como dizemos tanto em tao pouco?

Está divino. E, sim, concordo em absoluto que é quando encontramos a alma que nos podemos afirmar vivos. :)

Logo, fizeste MESMO férias :)

Grande abraço

Tongzhi disse...

Juntando as "Sensações" com a "Beauty", diria que tu tens uma "Beauty" alma.
Abraço

Catwoman disse...

A alma não se perde, apenas a deixamos esquecida algures, nas curvas da vida...ou bem dentro de nós, onde a guardamos, com um bem precioso, protegido da aridez da vida. Muitas vezes é tão protegida, que esquecemos que está lá, que existe.

Welcome back :)

Catwoman disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
The White Scratcher disse...

Verdade Ez,,,, eu de vez em quando perco-me,,,mas depóis reencontro-me,,,,,


,,, pois Lobinho,,, estou vivo,,, por enquento,,,ahahahah


,,,Obrigado Tongzhi,,, espero que estejam bem,,,


,,,pois Cat,,, na curva da vida,, na esquina,, no café,,,, ahahahah

Rabisco disse...

Gostei destas poucas palavras que escreveste.
Concordo que por vezes esquecemo-nos que estamos vivos, somos apenas algo à deriva de um corpo que nem nos apercebemos que nos pertence.
Quando damos conta que paramos e do quanto sentimos, é como batermos de frente contra nós mesmos...
Sorrimos, choramos e principalmente sentimos.

Abraço grande