quinta-feira, setembro 04, 2008


A cada vez que cá passo, tenho que entrar. Trata-se de um espaço de pura liberdade, onde quem ama pode dizer em voz alta o que sente. Provavelmente o único lugar onde se pode escrever o que se sente e pensar em voz alta, cada vez mais imperdoável hoje em dia.

Gosto desta sensação de liberdade.











8 comentários:

understanding the stock market disse...

i think you add more info about it.

Catatau disse...

Dá uma saudável sensação de caos. :)

The White Scratcher disse...

Sim Catatau,, a sensação é boa. As pessoas que lá estão a escrever estão muito nervosas e excitadas, como aquilo que escrevem.

Abraço

lampejo disse...

O amor tem destas coisa. :)
Abraço, e bom fim-de-semana.

MrTBear disse...

Que ideia engraçada.
Só faltou dizer onde é.

P.S. Gostei de te rever. Ficamos à espera de notícias LOL
Abraços

Tongzhi disse...

Que sítio tão engraçado!!!
Será a "Meca" da modernidade???

The White Scratcher disse...

Pois Lampelo,,, tem estas e muitas mais,,,lololol

,,,,,Mrtbear,,,, foi onde a Julieta lixou as tranças dela a custa do Romeu,,,,ahahaha

,,,,,Não nsei Tongzhi,,, mas se fosse assim tão moderno não teria mensagens em papel mas por sms...ahahah

Catwoman disse...

Sim, o amor é vao
É certo e sabido
Mas entao (porque nao) porque sopra ao ouvido
O sopro do coração
Se o amor é vão
Mera dor
Mero gozo
Sorvedouro caprichoso

No sopro do coração...
No sopro dom coração...

Mas nisto o vento sopra doido
E o que foi do corpo num turbilhao
Sopra doido
E o que foi do corpo alado nas asas do turbilhão
Nisto ja nem de ar precisas
Só meras brisas,
Raras
Raras
Raras

Corto em dois limão
Chego ao ouvido
Ao frescor
Ao barulho
À acidez do mergulho

No sangue do coração
Pulsar em vão
É bem dele
É bem isso
E apesar disso eriça a pele

No sopro do coração...
No sopro do coração...

Sopro do Coração, Clã e Sérgio Godinho