sábado, maio 05, 2007

Why?


This is how I felt tonight. Don´t know why!

9 comentários:

Catwoman disse...

"I'm walking alone again, with my headphones on
And I don't want this anymore,
To hit the streets without a chord
Now this city is my song where I submerge myself
Taking a long walk around the block
Every little step, every single step becomes a note
That I draw on the staff lines of the sidewalk
I'm walking alone again, with my headphones on
And I really really wanna run
But at this moment, I'm listening to a very very soft song
I'm walking again alone, with my headphones on
And now I speak and I'm screaming
Because I can't hear my own voice
I'm walking alone again, with my headphones on
I have to walk between smog behind sunglasses, inside my clothes
Sometimes I feel that every simple thing has a sound
And if it does--what kind of shape does the silence have?
Even if the silence is still with me
No one can hear it
Even if the silence walks with me
No one really hears it "

Lyrics from "The Headphonist" by Kinky

Being empty means there is room to be filled... a world of possibilities.Há sempre o silêncio para preencher o vazio... e o silêncio é precioso e pode ser regenerador.

Why? don't have an answer either...

Kisses

Will disse...

A magia do vazio é que possibilita o seu preenchimento por milhões novas coisas... Como diz a Catwoman, "a world of possibilities" =)

Tongzhi disse...

No vazio nunca estou só, estou sempre comigo mesmo...

MrTBear disse...

feel-you empty?
Or you go very alone?

fills you with friends...
someone expects you in the end
Bom fim de semana

The White Scratcher disse...

Verdade Catwoman,,,

... as vezes não é assim tão magico Will...

.. percebo o que dizes Tongzhi,,, tens sorte então,,,,

... I hope so, Mr. mrtbear,,,

lampejo disse...

Apesar de não poder visualizar a imagens e assim contextualizar o texto, posso deduzir que pelos comentários anteriores que tiveste uma noite algo vazia.
Espero que tenhas noites mais preenchidas, calorosas, alegres.
Um forte abraço.

pinguim disse...

Imagino que a carruagem com tanta solidão (mas muito bela), tenha chegado a um local em que não te sentisses assim. Afinal, nos comentários anteriores já tens "bengalas" suficientes para te sentires melhor e...acompanhado.
Junto-me aos amigos.
Abraço.

The White Scratcher disse...

Os comboios podem ser surprendentes,,, pessoas que entram e que saem,,,pessoas que nunca chegam a entrar.... nunca sabemos quando alguem entra ou sai...ha surpresas as vezes.....

cris disse...

carruagem vazia ou apenas vazio... é o que me define neste momento... entendo em cada lugar dessa carruagem o que vagueia na mente... há dias ou mesmo décadas assim... a não ser quando somos surpreendidos pela entrada de alguém que nos rompe as defesas e nos deixa sem sentido...